Por que não poupamos?

Submitted by Andrés Gutierrez on qua, 07/11/2012 - 00:00

Em finanças pessoais, as cifras são: 20% de conhecimento e 80% é de comportamento. Eu lhes darei o conhecimento, ou melhor, vou ajudar a vocês a se lembrarem, pois vocês vão perceber que já sabem o que vou lhes falar. È como perder peso, pois mesmo quem está com sobrepeso sabe dizer o que é necessário para perder peso: comer menos e fazer exercícios. Mas muito poucos conseguem ter sucesso, pois exige uma mudança de comportamento. Assim também, é igual com o dinheiro e com a poupança. Não é difícil de entender, mas é difícil de implementar. Eu digo, que vale a pena!

Antes eu vivia com falências e agora vivo em paz financeira, sem dívidas, com dinheiro no banco e investimentos. E deixe-me dizer: É muito melhor do que você pode imaginar! Eu quero dar várias razões pelas quais as pessoas não podem poupar, e isso é algo que experimentei na minha vida e conheci a muitas pessoas que conversei também.

Poupar deve ser prioridade na sua vida e não deve ser ser uma decisão intelectual. Nunca conheci uma pessoa que tenha me falado: “Não Andrés, poupar é uma bobeira.” Nunca escutei isso. Todos sabemos o que devemos fazer, mas ninguém faz.

Vamos supor, por um segundo, que desencadeia uma terrível epidemia que afeta apenas as crianças, e existe a vacina que vai salvar a vida do seu filho, mas tem o valor de R$ 10.000. E você tem que conseguir juntar esse dinheiro rápido, pois só tem de 6 a 8 meses para conseguir juntar essa quantia e você não pode pedir emprestado. Quantas pessoas não conseguiriam juntar esse valor, se a vida de seu filho dependesse disso?

TODOS nós poderíamos! Mesmo sem receber nenhum aumento. Sem aprender nenhuma técnica de orçamentos. Sem ganhar nenhuma pílula mágica que nos enriquecessem. Mudaríamos as nossas prioridades. Pensando neste trágico exemplo, você diria: “se eu tivesse que fazer isso, eu o faria.” “Se fosse algo muito necessário, eu mudaria as minhas prioridades.”

É aqui onde temos que aprender a pagar a nós mesmos em primeiro lugar. Temos que aprender a dar, a poupar e em seguida, a pagar as contas. Deixe-me dizer que quando eu comecei, não foi fácil. Sendo um consultor financeiro percebi, ao falar com muitas pessoas, porque elas não conseguem economizar, inclusive eu também era assim. É que tudo tem uma prioridade maior do que a poupança: a TV a cabo, pizzas, saidinhas... e nunca sobra dinheiro suficiente para a poupança. Se você não for determinante, você nunca vai economizar! Você tem que dar prioridade!

Te digo que depois disso, é que as pessoas começam a economizar. Quando acreditam que é importante, porque é realmente, muito importante! Muitas pessoas, na cultura de hoje, são como múmias naqueles filmes de terror, que acordam depois de muitos anos e PUMMM! “Eu estou falido, e espero que o governo, que cuida tão bem da economia, cuide de mim!” Este é um pensamento muito ingénuo!

Nosso povo caminha com os olhos no chão. Eles estão apenas preocupados em como chegar no final do mês. É impossível economizar e acumular riquezas, olhando para baixo, isso nos rouba as esperanças. Todos nós sonhamos com poupar, porem isso é tudo o que é: um sonho! Sonhamos em dia poder comprar uma casa, ou ter um negocio. Mas nunca fazemos as contas para ver o quanto de dinheiro necessitaremos. Pensar na quantidade e calcular o quanto você precisa poupar por mês, para atingir a sua meta, é planejar as suas metas e viver dentro de um plano financeiro. Seu sonho se torna realidade quando você olha para o horizonte, ao invés de viver apenas pagando contas.

Além disso, o trabalho passará de ser apenas uma pesada rotina para poder sobreviver, e será a ferramenta que você usará para alcançar o seu objetivo. Olhar para cima é um dos segredos dos ricos. Veja como o dinheiro funciona: se você faz o que fazem os ricos, ficará rico, mas se fizer o que fazem os pobres, se tornará pobre.

Comentários