Banco Central do Brasil

Banco Central do Brasil

O Banco Central do Brasil foi criado pela Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964. É o principal executor das orientações do Conselho Monetário Nacional e responsável por garantir o poder de compra da moeda nacional, tendo por objetivos:

  • Zelar pela adequada liquidez da economia
  • Manter as reservas internacionais em nível adequado
  • Estimular a formação de poupança
  • Zelar pela estabilidade e promover o permanente aperfeiçoamento do sistema financeiro

Dentre suas atribuições estão:

  • emitir papel-moeda e moeda metálica
  • executar os serviços do meio circulante
  • receber recolhimentos compulsórios e voluntários das instituições financeiras e bancárias
  • realizar operações de redesconto e empréstimo às instituições financeiras
  • regular a execução dos serviços de compensação de cheques e outros papéis
  • efetuar operações de compra e venda de títulos públicos federais
  • exercer o controle de crédito
  • exercer a fiscalização das instituições financeiras
  • autorizar o funcionamento das instituições financeiras
  • estabelecer as condições para o exercício de quaisquer cargos de direção nas instituições financeiras
  • vigiar a interferência de outras empresas nos mercados financeiros e de capitais
  • controlar o fluxo de capitais estrangeiros no país

Sua sede fica em Brasília, capital do País, e tem representações nas capitais dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará.