Como funciona o financiamento de imóvel usado?

Enviado em sex, 03/27/2020 - 16:22
financiamento imóvel usado

O financiamento de um imóvel usado funciona da seguinte maneira: A pessoa que compra o imóvel usado deve ter um bom perfil para se qualificar para o empréstimo imobiliário. O financiamento é realizado pelos bancos e o comprador deve pagar o banco que pagou sua dívida, mas com interesse no uso do dinheiro.

Funciona como um financiamento imobiliário para uma nova propriedade. Somente a porcentagem de financiamento do banco varia, ou seja, o banco financia uma porcentagem menor de uma casa usada do que uma nova.

Quem pode financiar?

A maioria dos bancos brasileiros oferece financiamento. As diferenças são as condições de pagamento, as taxas de juros, o prazo a pagar e o valor da casa a ser financiada. Para comparar esses detalhes, acesse nosso sistema de comparação de empréstimos de imóvel aqui.

Depois de escolher um dos bancos, o primeiro passo é solicitar o crédito através do formulário online. Esse processo é importante porque eles avaliarão seu perfil e responderão se você se qualificar para o empréstimo do imóvel ou não.

Os documentos necessários para uma hipoteca

Trabalhadores dependentes

  • Originais e cópias do RG e CPF do casal
  • Holerites
  • extratos bancários
  • Declaração completa do imposto de renda do casal.

Trabalhadores independentes

  • Restituição do Imposto de Renda
  • Declaração da União para a categoria
  • Recebimento pelo trabalho executado ou Recebimento da demonstração do resultado

Se o seu perfil se qualificar para o financiamento de uma casa usada, o banco realizará uma avaliação do imóvel com especialistas na área para confirmar o valor do imóvel.

Após a avaliação, o contrato será assinado. E a liberação de crédito para pagar o vendedor.

Tipos de financiamento para um imóvel usado ou novo

  • Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS)
  • Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE)
  • Sistema de Financiamento à Habitação (SFH)
  • Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE)