Pesquisar é regra de ouro

Compare e economize

Em finanças pessoais, a velha e boa pesquisa sempre ajuda a economizar, “salvando” o dinheiro de desperdícios. Tarefa demorada, pesquisar valores, taxas e comparar serviços exige paciência, mas pode trazer mais conforto ao seu bolso.

A boa notícia é que existem algumas ferramentas que fazem esse esforço por você. A mais conhecida, já citada no blog, é a Calculadora do Cidadão, do Banco Central. Pelo site ou por aplicativo para smartphones e tablets, é possível comparar taxa de juros de cartão de crédito com os juros cobrados no empréstimo pessoal, por exemplo. Também dá pra projetar quanto você terá acumulado de dinheiro num determinado tempo.

Mais recente, a plataforma STAR, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), oferece as tarifas praticadas por bancos. Um comparador ajuda a ver qual instituição tem os pacotes mais baratos em relação à outra. A ferramenta também mostra os pacotes vigentes nas instituições, com os diferentes valores. O sistema é atualizado sempre que há mudanças nas tarifas.

Outro serviço é o Comparabem, mantido em português e espanhol, com acesso em alguns países da América do Sul. Pelo site, o usuário consegue comparar diferentes tipos de cartão de crédito, financiamentos, além de preços de pacotes de TV por assinatura ou de internet. Uma boa oportunidade pra você ver se está pagando caro por um serviço que quase não usa, por exemplo.