Quanto é necessário para investir na bolsa de valores?

Enviado em seg, 11/16/2020 - 19:39
Quanto é necessário para investir na bolsa de valores?

Não há uma quantia necessária para investir na bolsa de valores. De acordo com a B3, existem centenas de ações listadas em bolsa, de vários segmentos, e o lote mínimo para negociação é o de uma ação para as empresas que já negociadas na bolsa, ou seja, o mínimo valor a ser investido é o equivalente ao preço de uma ação da empresa com o menor valor no mercado. 

Para começar a aplicar na bolsa o investidor precisa de uma conta na corretora porque só intermediários autorizados têm acesso aos sistemas de negociação. Ao investidor, cabe decidir a compra ou a venda do ativo e, dada a ordem, a corretora executa a operação. Antes de fechar negócio com qualquer corretora, verifique se a empresa é autorizada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Qual o valor mínimo para investir na bolsa de valores?

Para investir na bolsa de valores não é preciso um valor mínimo. Desde a criação do sistema Home Broker, uma plataforma on-line que conecta o investidor com o mercado, por meio de uma corretora, o número de pequenos investidores e o volume negociado por eles aumentou muito na Bovespa. Entre as vantagens do Home Broker estão a agilidade e o custo reduzido. 

Também é possível fazer ofertas pela mesa de operações. Para isso, o investidor precisa entrar em contato com a corretora, onde um operador habilitado o atenderá para fazer a negociação das ações. 

Como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro sozinho?

Investir na bolsa de valores com pouco dinheiro sozinho requer bastante conhecimento e o entendimento de que colocar o dinheiro em ações não é menos arriscado que investir em imóveis, agropecuária, ouro ou negócio próprio. 

Para quem está começando, pode ser mais indicado procurar uma gestora de fundos. Assim, em vez de comprar os papéis avulsos, com ações específicas de uma empresa, você pode optar por um fundo de ações, no qual os investidores fazem uma mistura de ativos e você compra uma parte deles.

Como investir em ações com 100 reais?

Há grandes empresas brasileiras na bolsa com ações a valores abaixo de R$ 100. Apenas lembre-se que a cotação varia ao longo do mesmo dia. Antes de tomar qualquer decisão, é importante estudar um pouco o mercado

Uma dica essencial é nunca coloque todas as suas economias em um único investimento. Comece investindo pouco e sempre varie para não correr o risco de perder tudo o que guardou ao longo da vida.    

Como investir na Bolsa de Valores iniciante?

O primeiro passo para investir em ações é procurar uma corretora. Mas fique atento: ao usar o serviços da corretora, o investidor está sujeito a taxas de corretagem, por isso é preciso sempre pesquisar quais os valores cobrados nas transações e comparar as diversas instituições para ver qual vale mais a pena para você.

Algo essencial para verificar antes de começar a comprar ações é qual seu perfil como investidor. Se você é muito conservador e prefere até reduzir a rentabilidade para não arriscar perder muito, talvez as ações não sejam para você. Para fazer bons negócios, é essencial entender que esses ativos são de renda variável, ou seja, há risco de perder dinheiro se não forem negociados na hora certa.

Você gostou deste conteúdo?

Subscreva a nossa newsletter para receber aconselhamento financeiro todos os meses.