Blog de Dicas - Minha Casa

Aqui você pode obter ajuda para cumprir suas obrigações financeiras diárias e também para salvar ou ficar preparado para o que virá no futuro.

Para calcular o salário por dias trabalhados é só dividir o valor do salário mensal pelo número de dias do mês em questão e multiplicar esse valor pelos dias que foram trabalhados. O resultado é o salário proporcional. 

Uma das principais dúvidas de quem sonha comprar uma casa é saber se há um valor mínimo de renda para conseguir um financiamento imobiliário. A resposta é que não há renda mínima exigida.

Conseguir guardar dinheiro quando se tem um baixo orçamento é desafiador, mas não é impossível. A primeira regra é nunca, em hipótese alguma, gastar mais do que ganha. Se seu salário é baixo, você precisa adequar seu padrão de vida a ele.

Veja abaixo os documentos exigidos tirar o Habite-se:

O imóvel precisa estar com toda documentação em dia, sem impostos atrasados. Após isso a instituição financeira vai avaliar se o imóvel está apto para servir como garantia, em caso de não cumprimento do pagamento do financiamento.

A porcentagem de taxas e prazos variam em cada banco, por isso não há como afirmar qual a melhor instituição financeira para esse tipo de serviço. Mas pode se dizer que a taxa de juros efetiva anual dos bancos varia entre 7% a 10%.

O primeiro passo para conseguir guardar dinheiro é fazer um raio-x de suas finanças. Sabendo o quanto você gasta e o quanto você ganha, é possível fazer um planejamento do quanto poderá ser guardado todo mês. 

O valor do metro quadrado de cada região de São Paulo varia muito de preço, seja pelas facilidades próximas como supermercado, estação de metrô, parques, shoppings, padaria e academia. Além disso, cada construtora tem seu padrão de construção de prédio, que pode incluir suíte, varanda gourmet, mais de uma vaga na garagem, salão de festas, piscina, área recreativa, etc.

Não há renda mínima para financiar um imóvel. Os bancos exigem que o solicitante pague uma entrada de 20% do valor da casa. Além disso, que o cliente tenha condições financeiras suficiente para que o valor da parcela do financiamento não ultrapasse 30% da sua renda bruta.

Para financiar um imóvel não há valor mínimo de renda. As instituições financeiras avaliam se o cliente tem renda compatível com o valor das parcelas do financiamento. Via de regra, a prestação do imóvel não pode comprometer mais do que 30% do rendimento mensal.