O uso dos cartões de crédito

Enviado em qui, 09/19/2013 - 20:36
O uso dos cartões de crédito

“Andrés, eu pago meu cartão de crédito todo mês sem multas nem sobrecargas e ainda acumulo pontos e milhas para comprar perfumes e batedeiras. Estou tirando o maior proveito destas empresas, mesmo com as regras impostas por elas.” É mesmo? Quando você gasta dinheiro físico existe um desapego diferente de quando você usa o plástico. Quando compra à vista dói. Quando vai comprar uma TV plasma e você entrega uma pilha de notas ao caixa... Nossa! Dói como se lhe decepassem um braço.

Uma pesquisa feita em McDonald’s sobre a decisão para aceitar cartões de crédito revelou que antes de os cartões serem aceitos, as pessoas gastavam, em média, US$4.75; logo de serem aceitos, a média subiu para US$7.00. Isto representa um aumento de 47%, e sabem por quê? Porque quando você usa um cartão de crédito NÃO SENTE! Quando a gente não percebe que gasta dinheiro, a gente simplesmente gasta. Até convida o lanche para o amigo. Mas quando você compra com dinheiro em espécie, procura as opções mais econômicas. O amigo que se vire... A ”dor no bolso” faz muito efeito.

Quando você pede a conta num restaurante, após a comida, o garçom a traz sobre uma bandejinha preta. Parece o túmulo do nosso dinheiro porque você o coloca ali e ele desaparece e nunca mais volta. Tchau notinha querida!

Uma revista publicou uma pesquisa: foi conectada uma MRI (Ressonância Magnética) a uma pessoa para ver o impacto neurológico a partir de compras de porte. Concluiu-se que quando as pessoas gastam dinheiro em espécie, registra-se dor; quando é usado o cartão de débito, a dor é menor e quando é usado o cartão de crédito, a dor é ainda menos considerável. Então, tenha muito cuidado.

Mesmo pagando com dinheiro ou cartão de crédito, pergunte-se sempre se aquilo que está comprando é realmente necessário. E, caso você pagar com cartão, entenda que seu uso cria uma dívida entre você e o banco e que você fica responsável por pagá-la. Levando em conta esta dica, tome a atitude certa para reduzir consumos desnecessários.

---
Siga a Andrés no seu www.andresgutierrez.com e no Twitter: @elshowdeandres e Facebook.com/elshowdeandres

Você gostou deste conteúdo?

Subscreva a nossa newsletter para receber aconselhamento financeiro todos os meses.