O que é importante para viver bem?

Enviado em qua, 10/06/2021 - 13:44
O que é importante para viver bem?

O importante para viver bem depende da necessidade de cada ser humano. Segundo a Pirâmide de Maslow, também conhecida como a Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas, criada pelo psicólogo Abraham Maslow, as pessoas têm camadas de necessidades a serem atendidas, desde as mais básicas até as mais complexas. 

5 camadas compõem a pirâmide. Na primeira delas, a da base, ficam as necessidads fisiológicas: comer, dormir, respirar, se hidratar e fazer sexo. Na segunda camada, estão as necessidades de segurança e autopreservação: proteção física, abrigo e saúde, por exemplo. No meio da pirâmide, está a camada de necessidades sociais, como as relações amorosas, as amizades e os vínculos familiares. A quarta camada é formada pelas necessidades de estima, como o desejo de ser amado, aceito ou ter autoridade. A quinta camada tem as necessidades de autorrealização, como a liberdade e a sabedoria.  

O que uma pessoa precisa para viver bem?

O que cada pessoa precisa para viver bem varia de acordo com as necessidades pessoais. Alguns seres humanos se contentam com o básico, outros precisam de luxo, por isso se pode dizer que o conceito de viver bem é bastante relativo. 

Para algumas pessoas, viver bem pode ser sinônimo de riqueza, ter os últimos lançamentos tecnológicos, morar em uma casa grande e comer em restaurantes chiques. Para outras, viver bem é estar com saúde, com liberdade de se locomover por conta própria e sem depender da ajuda de terceiros para as necessidades básicas. 

Por isso, a única pessoa que pode responder a você o que falta para viver bem? é você mesmo. Encontre sua felicidade. 

Qual o salário ideal para se viver bem no Brasil?

O salário mínimo necessário para o brasileiro, em agosto de 2021, deveria ser de R$ 5.583,90, segundo cálculo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), que leva em consideração uma família de 4 pessoas, com 2 adultos e 2 crianças. No período, o salário mínimo vigente era de R$ 1.100, ou seja, cerca de um quinto do ideal. 

Esse valor é baseado na Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, um levantamento contínuo dos preços dos alimentos considerados essenciais, que o Dieese faz desde 1959. Atualmente, o estudo é feito em 17 capitais brasileiras. 

O que é preciso para viver bem e realizar os seus sonhos?

O primeiro passo para realizar seus sonhos é defini-los. Pode parecer óbvio, mas sem ter uma meta clara e objetiva, mesmo que ela seja um sonho, não tem como alcançá-la. 

Comece escrevendo no papel o que você quer. Qual é seu sonho? Como você se sentirá quando atingi-lo? Depois, vá quebrando o grande objetivo em metas menores. O que é preciso para chegar até lá? Quais são os primeiros passos a serem tomados? Assim, dividindo em pequenas conquistas, fica muito mais fácil alcançá-las.  

O que fazer para viver a vida?

Para viver a vida, é preciso estar disposto a sair da zona de conforto. Encontre objetivos de curto, médio e longo prazo que façam você ter vontade de encarar mais um dia. Se está infeliz no trabalho, por exemplo, que tal começar a buscar algo que tenha mais conexão com quem você é de verdade? Procure cursos gratuitos na internet e amigos que possam ajudá-lo a chegar onde quer. 

O que mais vale não é viver, mas viver bem?

Baseada em uma frase atribuída a Sócrates, nos “Diálogos de Platão”, essa máxima defende que o propósito do ser humano na Terra não é apenas se manter vivo um dia após o outro, até o fim da vida, mas importa muito mais o que as pessoas farão com o intervalo entre o nascer e o morrer.  

O que Platão quis dizer com o importante não é viver, mas viver bem?

A frase "Não devemos dar máxima importância ao viver, mas ao viver bem" é dita por Sócrates no texto "Critão, ou do Dever", que faz parte dos "Diálogos de Platão". Ao dizê-la, o filósofo está defendendo cumprir sua própria sentença por ser a atitude certa a ser tomada. 

O diálogo entre o filósofo e o amigo que dá título à obra acontece na cela onde Sócrates aguarda sua execução. Acusado de corromper jovens com suas ideias e de atentar contra os deuses, ele foi condenado a beber cicuta. Na obra, Critão se oferece para ajudar o condenado a fugir, mas ele recusa, dizendo que deve cumprir a pena. Sócrates defende que se deve fazer o que a Justiça determina, mesmo que o julgamento seja injusto e não se deve pagar uma injustiça com outra. Ser fiel a seus princípios é viver bem.

Você gostou deste conteúdo?

Subscreva a nossa newsletter para receber aconselhamento financeiro todos os meses.