4 Dicas de como Usar o seu Cartão de Crédito

Submitted by Maico Sullivan on qua, 08/07/2013 - 13:35

O tempo passa, mas sempre escuto a mesma coisa dos meus amigos “cartão de crédito só serve para quebrar uma pessoa.” Realmente, se analisarmos a realidade e as estatísticas veremos que de todas as pessoas com dívidas, 80% ou mais tem problemas com cartão de crédito. Porém, temos por outro lado, 20% que se dá bem com o “monstrinho”, como conseguem?

Como seres humanos, sempre tentamos encontrar um culpado pra tudo, e quando estamos endividados o cartão de crédito quase sempre leva a culpa. Por causa do aumento da renda e por consequência, do poder de compra de algumas famílias, o tal “monstrinho” alcançou milhares de pessoas. E isso se deve a um motivo bem simples: o cartão é uma ferramenta para liberar crédito facilmente para as pessoas, além disso, isenta as lojas da responsabilidade de possíveis inadimplências.

A ideia não é entendermos de onde ele veio, nem para onde vão os endividados, e sim aprender como se manter longe da avalanche de dívidas e faturas sem fim. Abaixo compartilho 4 dicas fundamentais para que você aprenda a usufruir ao máximo do seu cartão de crédito:

  1. Reserve parte do seu salário para o cartão.
  2. Assim, você sempre terá como pagar as faturas. Por exemplo, eu reservo 20% da minha renda para a fatura do cartão. Então, sei que minha fatura não pode ultrapassar esse valor, do contrário terei de reduzir os gastos com lazer, ou outros que posso abrir mão.

  3. Nunca o seu limite no cartão como complemento.
  4. Normalmente os endividados contam com o valor que o cartão tem como “limite” para somar à renda. Esse é o pior tipo de endividamento. Aprenda que o crédito aumenta sua renda, apenas eleva um pouco o seu poder de compra. Se esse ponto não está claro, o melhor a fazer é não utilizar seu cartão.

  5. Pague as faturas em dia.
  6. Pagar sempre o mínimo ou deixar de pagar as faturas do seu cartão é pedir para entrar numa dívida gigantesca. Se por algum motivo você se desorganizou e não conseguiu pagar uma fatura, pare de gastar até que esteja com as contas em dia. A bola de neve começar junto com o primeiro atraso.

  7. Pense bem antes de ter mais de dois cartões.
  8. É muito fácil perder o controle quando se tem vários cartões. Prefira trabalhar com dois ou no máximo três cartões, lembre-se que o que eu disse na primeira dica e que o valor reservado deve cobrir todos os cartões. Evite cartões de lojas, a menos que os benefícios sejam realmente vantajosos.

    --
    Maico Sullivan, especialista em finanças | @sullivanmaico
    www.ideiasefinancas.com.br