Compare os juros e saia ganhando! Veja essas Dicas!

Submitted by Izaú Lima on ter, 11/19/2013 - 20:09
Compare antes de decidir
cosnignado

Em tempos de alto consumo, onde produtos de qualidade e beleza estão ao alcance das mãos e dos olhos, mas nem sempre do poder aquisitivo, várias alternativas são criadas constantemente para satisfazer o consumidor. Ainda que não se tratem de bens indispensáveis à sobrevivência, alguns itens tornam-se objetos de desejo, muito mais pelo que trazem consigo quando adquiridos - como orgulho e ostentação -, do que para satisfazer uma necessidade básica. Tendo isso como base, além de estímulos governamentais, o consumidor tem sua vida (teoricamente) facilitada pelos empréstimos pessoais e financiamentos, os quais vêm se tornando cada vez mais fáceis e práticos de serem adquiridos.

O que os bancos te oferecem?
Atualmente é difícil encontrar um banco que não ofereça uma das duas oportunidades - se não as duas-, razão pela qual o meio encontrado para vencer a "concorrência" se deu através das taxas de juros. Para o financiamento de veículos, por exemplo, as taxas de juro ao mês vão de 0,65% até 2,11%, por ano os juros variam entre 8,08% e 28,48%. Já para o crédito pessoal, os juros partem de 0,77% chegando a 2,34% ao mês. Em razão disso, a análise das tarifas e condições oferecidas pelos bancos precisam ser analisadas com cuidado, para que as parcelas possam caber no seu bolso sem grandes variações dos valores. Sem a comparação das ofertas, corre-se o risco de pagar pelo empréstimo valores muito mais altos para satisfação da dívida do que o solicitado inicialmente.
Compare antes de decidir
Assumir empréstimos/créditos pessoais/financiamentos envolve muito mais que a assinatura de um simples contrato e a satisfação do desejo de consumo. Os documentos que oportunizam esse tipo de negócio possuem cláusulas que garantem o pagamento da dívida, custe o que custar. Isso quer dizer que é preciso pensar bem antes de assumir meses e até anos de débito em função de algo que pode não ser tão importante assim neste momento. Ademais, os juros costumam subir e aumentar vertiginosamente as dívidas em caso de atrasos, por mínimo que este seja. Assim, só se deve solicitar esses serviços financeiros depois de avaliar com cuidado suas necessidades, e o que é mais importante: o contrato e as taxas de juros! Há uma diferença brutal de valores de uma instituição para outra!
Quais os motivos?
Nada de solicitar financiamentos no dia em que seu time perdeu - ou, no caso das mulheres, quando brigou com o namorado/chefe-, e precisa fazer compras para espairecer. Uma dívida dessas merece ser adquirida só em casos de extrema urgência e necessidade! Depois seu time ganha ou você faz as pazes com as pessoas e a dívida continua lá, esperando o mês seguinte para ser paga. Empréstimo é coisa séria e suas consequências também. Ainda que tenha tornado a vida dos consumidores mais prática, ainda é mais vantajoso adquirir bens somente quando se tem dinheiro suficiente para tanto. Nada que uns meses de economia não ajudem.
Tome nota
Veja o que é importante considerar antes de solicitar qualquer linha de crédito
  • Sua renda mensal
  • Juros e taxas
  • Valor e quantidade de parcelas
  • Urgência

Lembre-se que não adianta “tapar o sol com a peneira” analise muito bem sua situação financeira, os benefícios de um crédito e não crie outro problema para o seu bolso. Conte-nos... Você costuma comparar produtos e serviços financeiros antes de contratar? Compartilhe sua experiência! Izaú Lima, técnico contábil | @izaulima www.facebook.com/DinheiroEFinancas www.dinheiroefinancas.com.br

Comentários