Afinal, o que é planejamento financeiro?

Submitted by Maico Sullivan on qua, 03/18/2015 - 15:10
Planejar, segundo o dicionário é

É comum encontrar pessoas com uma visão distorcida do que realmente se trata o planejamento financeiro. Uma grande maioria vê o planejamento como o ato de cortar despesas e guardar dinheiro para a aposentadoria. Há também aqueles que acreditam que o planejamento é um mapa que deve ser seguido sem alterações no percurso. Ambas são visões equivocadas do tema.

O planejamento financeiro trata a maneira como lidamos com o dinheiro em nossas vidas, levando a pensar na melhor maneira de usá-lo. Quando iniciamos um planejamento, devemos primeiramente pensar no porque iniciar. Metas e objetivos são primordiais para dar um rumo ao que fazemos, assim também ocorre com as finanças pessoais. Em seguida mapeamos nossa atual situação. É fundamental saber onde estamos para traçar o caminho para onde queremos ir.

Tendo nas mãos as duas informações – onde estou e para onde quero ir – iniciamos a análise do trajeto. Como chegar lá? Aqui se inicia a essência do planejamento. É neste momento que avaliamos se a prioridade é reduzir as despesas, investir recursos superavitários ou buscar novas fontes de receita.

Por fim, a análise dos resultados obtidos. É aqui que temos o ponto crucial do planejamento. Porque é com a análise dos resultados que sabemos como estamos indo, se precisaremos reformular nossas estratégias para chegar ao objetivo maior. Se poderemos pegar um “atalho” e conquistar nossos sonhos mais rapidamente.

Qual a finalidade do planejamento financeiro?

Há muito tempo já deixamos de falar em aposentadoria ou acumulo de riquezas ao tratar de finanças pessoais. Hoje o foco está na qualidade de vida das pessoas. E quando falamos em qualidade de vida, este foco estará no curto e médio prazo.

É claro que precisamos pensar em nosso futuro e em como pretendemos estar na terceira idade. Mas é preciso um equilíbrio entre o presente e o futuro. Pessoas que pensam apenas no longo prazo deixam de viver momentos únicos na juventude. A ideia é ter o planejamento focado no acumulo de experiências ao longo da vida e não somente na aquisição de bens materiais.

Usar o dinheiro com consciência, equilibrando objetivos de curto, médio e longo prazo é a finalidade do planejamento financeiro. Por isso, esqueça as ideias enraizadas e comece hoje mesmo o seu.

Maico Sullivan | Consultor e educador financeiro
Twitter: @sullivanmaico
www.ideiasefinancas.com.br