Blog de Dicas

O tempo passa, mas sempre escuto a mesma coisa dos meus amigos “cartão de crédito só serve para quebrar uma pessoa.” Realmente, se analisarmos a realidade e as estatísticas veremos que de todas as pessoas com dívidas, 80% ou mais tem problemas com cartão de crédito. Porém, temos por outro lado, 20% que se dá bem com o “monstrinho”, como conseguem?

Não estamos livres de um acidente, ninguém escolhe ficar doente, existem coisas na vida que simplesmente vão acontecer. E baseados nisso só nos resta estar preparados. Fato é que não podemos escolher o momento em que coisas ruins nos vão passar, mas também é fato que podemos escolher ter ou não recursos para enfrentar tais situações.

Nós não nascemos com virtudes. Os hábitos diários são os que definem o nosso caráter. O caráter é o que ganha a confiança dos outros, e quando os outros confiam em você, aumentam o seu salário…
“Andres, mas esta não é uma coluna de fimanças pessoais?” Exatamente, e é isso o que estou falando!!

Assim como nada que vale a pena é fácil de fazer, sair das garras das dívidas vai exigir tempo e esforço. Para te ajudar com isso, quero te dar quatro sugestões:

Eu sou um fã do sistema de envelopes! É a melhor maneira de ficar dentro do orçamento. Eu sei que muitas pessoas que têm boas intenções, são desafiadas a fazer um orçamento e nunca funciona.

Em finanças pessoais, as cifras são: 20% de conhecimento e 80% é de comportamento. Eu lhes darei o conhecimento, ou melhor, vou ajudar a vocês a se lembrarem, pois vocês vão perceber que já sabem o que vou lhes falar. È como perder peso, pois mesmo quem está com sobrepeso sabe dizer o que é necessário para perder peso: comer menos e fazer exercícios.

Aqui no Brasil como em outros lugares, cuidamos muito dos nossos carros. Além disso, eles são também como membros da família. Onde mais no mundo você encontra famílias que estão falindo, mas possuem dois carros na garagem?

Mito: Se minha mulher e eu falarmos sobre dinheiro, acabamos discutindo.
Verdade: Você nunca terá um relacionamento sólido até que vocês possam se comunicar e concordar sobre o dinheiro

Antes de falar sobre o que é um orçamento, quero dizer o que ele não é. O orçamento não é uma camisa de força. Quando algumas pessoas escutam esta palavra, já começam a suar frio. Se você é uma dessas pessoas, tenho que te dizer que a maioria rejeita a ideia de o orçamento, porém ele é fundamental no caminho para a organização financeira.

Se você está cansado de apenas sobreviver final de cada mês, é hora de viver sob um plano financeiro. Venha para "colocar as pernas" a todos os princípios que temos ouvido e, finalmente, obter à paz financeira. Quando as pessoas me perguntam como comer um elefante, eu sempre digo que no México é comido com feijão, arroz, salsa e tortillas. Estou brincando. A resposta é uma mordida de cada vez.