5 passos antes de solicitar um financiamento imobiliário

Submitted by Aline Piologro on ter, 11/25/2014 - 21:15
Dedicir pelo financiamento imobiliário não é tão simples, por isso fique atento a essas dicas e conquiste o seu "lar doce lar" sem dor de cabeça.

Sempre recebo perguntas sobre vários temas, mas a pergunta que bate todos os recordes é “como faço para solicitar um financiamento imobiliário?”.

E hoje resolvi falar um pouco sobre o assunto.

Não é novidade que a maioria dos brasileiros deseja ter a tão sonhada casa própria, porém muita gente se frustra por não saber o que fazer antes de ir ao banco e falar com o gerente. Tenho absoluta certeza que se as pessoas se preparassem seria mais fácil e rápido adquirir seu imóvel.

Com lápis e papel na mão anote esses 5 passos e com um pouco de planejamento em breve o seu sonho será realizado:

  1. Sonho é diferente de ilusão, então pare de viver de ilusão!
  2. Mesmo que pareça um pouco duro tenho que dizer que muita gente se ilude com a ideia de que fazer um financiamento é fácil ou mesmo que o banco aprova todas as solicitações. É importante saber que existem alguns impedimentos.
    Principais impedimentos: Restrição de crédito (“nome sujo”), outros financiamentos, não ter comprovação de renda, não ter conta bancária, dívidas com o governo.

  3. Procure informação
  4. Você só saberá se é possível fazer um financiamento se souber quais são, pelo menos, as exigências do banco. Por isso pesquise muito! Hoje em dia quase todos os bancos têm chat online, ou seja, você pode tirar dúvidas sem sair de casa. Além disso, nos sites de busca você pode encontrar material sobre o assunto comentado por especialistas no assunto.
    No nosso comparador você pode ter uma ideia do valor das parcelas e taxa de juros. Esse pode ser o primeiro passo no seu processo de pesquisa.

  5. Olhe com calma a sua vida financeira
  6. Um dos grandes perigos financeiros é olhar somente para o presente ou somente para o futuro. Se você olha somente para o presente deixa de considerar outras prioridades que poderão surgir, por exemplo, filhos. E se você olha somente para o futuro pode comprometer a paz financeira do momento. Então, faça um planejamento financeiro considerando o que você tem agora projetando o impacto da dívida nos períodos do financiamento.

  7. Encontre a casa ou pelo menos tenha opções
  8. Se com as informações que você pesquisou no passo anterior o cenário continua positivo para solicitar o financiamento então comece a escolher a casa ou apartamento. Não estou dizendo que já tem que negociar com o vendedor, esse passo se trata de ter uma lista de opções de imóveis e se possível visitá-los.
    Aconselho que procure o imóvel, analise se em outro bairro os preços estão melhores, visite as casas que sejam possíveis e tente ir sem corretor, assim terá mais possibilidades de negociação futura.

  9. Mãos à obra!

Se você chegou nesse passo é sinal que já está quase pronto para enfrentar o compromisso de um financiamento. Então agora o passo mais importante é solicitar o crédito. Para isso você pode primeiro comparar com Comparabem e já saberá qual banco tem menor taxa de juros. Com essa informação entre em contato com o banco para conseguir informações mais detalhadas. E solicite a análise de crédito.

Bancos vinculados ao governo oferecem maiores benefícios no que diz respeito à taxa de juros, mas as exigências quase sempre são mais rigorosas.

Se você ficou com dúvidas ou tem sugestões de temas deixe um comentário, trabalhamos para fazer o melhor por você!

Aline Piologro | Blogueira
Twitter