Como guardar dinheiro ganhando um salário mínimo?

Enviado em ter, 12/22/2020 - 11:20
Como guardar dinheiro ganhando um salário mínimo?

Conseguir guardar dinheiro quando se tem um baixo orçamento é desafiador, mas não é impossível. A primeira regra é nunca, em hipótese alguma, gastar mais do que ganha. Se seu salário é baixo, você precisa adequar seu padrão de vida a ele. A boa notícia é que, aprendendo a lidar com pouco dinheiro, você estará pronto para organizar bem quantias maiores, quando tiver oportunidade. 

Para conseguir poupar, é importante ter consciência sobre sua vida financeira. Anote todos os gastos e as receitas e faça as contas. Se o saldo não for positivo, corte algumas despesas. Às vezes, o que parece ser um gasto insignificante, como um café no começo do dia, pode ser o vilão das suas finanças no final do mês.  

Quanto se deve poupar por mês?

O ideal é poupar 30% de toda a receita, mas isso implica em conseguir pagar todas as contas com 70% do salário. O mínimo recomendado é guardar 10% de toda a receita. Para não correr o risco de acabar gastando o valor que deveria ser poupado, guarde-o assim que receber o pagamento, como se fosse uma de suas contas.

Esse valor poupado, a princípio deve ser destinado para uma reserva de emergência. Quando já tiver o suficiente para suprir seus custos básicos por, pelo menos, de seis meses a um ano, você já pode começar a investir a longo prazo, pensando em algum projeto maior, como a aposentadoria.    

Como juntar dinheiro ganhando 1 mil reais?

Só existe uma maneira de juntar dinheiro: gastando menos do que recebe. Se seu ganho é de R$ 1.000, para poder poupar, você precisa adequar suas despesas para um valor menor que isso. 

Se a meta é guardar 10%, ao receber seus R$ 1.000, separe R$ 100. O mais indicado para não acabar gastando o que seria a reserva é já colocar esse dinheiro em outra conta, seja uma poupança ou algum outro investimento com liquidez diária (aquele que pode ser sacado a qualquer momento).   

O que fazer com um salário de 1000 reais?

Para fazer o salário de R$ 1.000 render é preciso usá-lo com sabedoria. Compre apenas o essencial e aproveite as boas oportunidades. Não tenha vergonha de pedir desconto e de negociar na hora da compra. 

Uma dica é se manter informado sobre o preço dos produtos para fazer sempre as melhores compras. Muitas vezes, o varejo anuncia alguma promoção que não é tão vantajosa e, se você não sabe os preços reais, pode ser enganado. 

Pesquisa bastante antes de comprar. A internet tornou essa tarefa mais simples, mas confira também os preços nas lojas físicas que estão pelo seu caminho. Às vezes, também é melhor esperar um pouco para ter certeza de que aquela compra não está sendo feita por impulso.

Aproveite as vantagens do cartão de crédito. Use esse meio de pagamento para parcelar sem juros compras de bens mais caros, como eletrodomésticos.

Como uma pessoa que ganha 1500 pode poupar?

Uma pessoa que ganha R$ 1.500 pode poupar sendo bastante consciente da sua situação financeira. Não importa o tamanho do seu orçamento, a receita tem sempre de ser maior que as despesas para que a conta feche e seja possível viver em paz com as finanças. 

Quando receber, já coloque uma porcentagem da receita na conta destinada à reserva e pague as contas essenciais. Para que sua estratégia de poupar seja mais eficiente, não deixe de separar algum dinheiro para o lazer também. Assim fica mais fácil se manter na linha.   

Como conseguir juntar dinheiro para quem ganha um salário mínimo?

O segredo para conseguir juntar dinheiro para quem ganha um salário mínimo é cortar todo o gasto que puder. Depois de fazer o levantamento das suas despesas, analise com calma cada uma delas para ver se consegue reduzir as contas. 

Confira se você realmente usa tudo o que paga. Será que o seu plano do celular é o mais indicado para você? Pesquise as opções da sua operadora e também diferentes empresas para comparar as possibilidades. Tem algum serviço que você paga mais não usa com frequência, como streaming ou academia? Elimine tudo o que for supérfluo e foque na sua meta.

Você gostou deste conteúdo?

Subscreva a nossa newsletter para receber aconselhamento financeiro todos os meses.